fbpx

Responsabilidade

É muito importante entender o quanto o nosso pensamento pode interferir no nosso comportamento e por consequência em nossos sentimentos… A nossa mente sempre está funcionando, sempre estamos pensando em alguma coisa, seja positivo ou negativo, automaticamente podemos oscilar nosso comportamento que por consequência nos deparamos com os sentimentos, ou seja, nossas emoções.

É raro parar e olhar com atenção para nossos comportamentos, pois de certa forma agimos e reagimos às vezes por impulso ou no piloto automático, e na maioria das vezes podemos usar algumas justificativas como, por exemplo: “Gritei com você porque estava com raiva”, “Aceitei o convite porque naquele momento estava animado”, “Chorei  porque estava triste”.

Enfim, parece óbvio nos comportarmos de acordo com o que pensamos e sentimos.

Mas ainda há situações em que usamos algumas desculpas para justificar o nosso comportamento como, por exemplo: “Fiquei com raiva porque você me irritou”, “ Fiquei triste porque você não me deu atenção”, ou então, “ Você me estressa profundamente”.

Na maioria das vezes é comum que alguém seja responsável pela forma que você pensa, se comporta e sente.

Você concorda com essa linguagem generalizada que eu usei? (“maioria das vezes”, “alguém”, aí poderia também dizer que todo mundo é assim…) Tá certo, vamos corrigir isso: Qual vez? Qual situação? Quem especificamente?

Convido você a refletir…

O que você tem pensado? Como você tem se comportado? E como você se sente agora neste momento?

E com certeza, sim vou te perguntar de quem é a responsabilidade?

É possível que você responsabilize seu chefe, sua esposa, seu esposo, sua mãe, seu pai, seu funcionário, seu filho, sua filha, seu irmão, sua irmã, seu cunhado, sua cunhada, seu namorado, sua namorada, seu cliente, seu amigo, sua amiga, talvez seu vizinho, ou quem sabe seu tio, sua tia, seu primo, sua prima… ok vou parar por aqui, senão a lista vai longe.

Ah é importante ressaltar que a resposta das perguntas acima podem ser positivas ou negativas, espero inclusive que sejam positivas. No entanto, a responsabilidade dessas respostas é SUA. Só pode acontecer algo na sua vida se você permitir, se você deixar se influenciar pelas pessoas em sua volta.

Há momentos que temos o hábito de criar expectativas, algumas vezes atendidas e outras não. Então ficamos na dependência do outro, para tomar algumas decisões, e também por medo de não atender as expectativas das pessoas também acabamos por dizer SIM, quando na verdade gostaria de dizer NÃO, participar de um evento para agradar o outro, sorrir quando no fundo quer chorar, dizer que está tudo bem sendo que na verdade está tudo errado e até mesmo convidar por educação e aceitar o convite por obrigação.

O quanto somos influenciados e o quanto influenciamos as pessoas?

Quanto isso pode ser bom ou ruim? Sinceramente não sei a resposta. Decidi escrever sobre isso porque aprendi que ninguém tem poder sobre o outro, então porque altero meus comportamentos, pensamentos e sentimentos por causa de outras pessoas?

Continua aqui comigo…

Analisando tudo isso, percebi que cedemos e permitimos algumas situações por algo maior que nós, cada um tem sua intenção positiva em seu pensamento, comportamento e sentimento. Seja qual for a situação sempre haverá uma intenção positiva que é muito provável que esteja relacionada a uma crença ou um valor estabelecido em algum momento de sua vida, que acabou definindo a sua personalidade. Se você parar e olhar para trás tudo que já viveu, tudo o que você construiu na sua vida, talvez você seja muito bem sucedido na sua vida profissional, talvez não, quem sabe você se sinta realizado pessoalmente, talvez não, pode ser que esteja com novos planos para 2017, novas promessas de mudanças, novas metas, objetivos, seja o que for que estiver pensando agora nesse exato momento, quero compartilhar com você um aprendizado.

Tudo é muito relativo, a ESCOLHA é sua, independente de qualquer pessoa a sua volta, só depende de VOCÊ. A responsabilidade de dar certo ou errado é sua, desde que você faça o que precisa ser feito, o seu melhor, tudo o que estiver ao seu alcance, faça com amor, com capricho, com paciência, com alegria e principalmente acredite com convicção e fé independente de qual seja sua crença ou religião.

Lembre-se que independente do que estiver acontecendo na sua vida, se por acaso não estiver feliz, a única pessoa capaz de resolver e mudar isso é você. Talvez seja desafiador, pode ser que tenha que enfrentar sentimentos de tristeza de dor ou ate mesmo de sofrimento, mas é preciso olhar para o futuro que te espera com os braços abertos pronto para te acolher em uma nova história, em uma nova oportunidade de se encontrar com seu EU verdadeiro, acredite dentro de você existem todos os recursos necessários para encontrar a sua felicidade.

Próximo Passo

O que você vai fazer agora? Qual seu primeiro passo? Que tal começar a ouvir a sua intuição e fazer o que te faz bem, escolher por você… atender as suas vontades e sim olhar para os seus amigos com compaixão e com amor, mas sendo sincero com você e com eles. É provável que os relacionamentos tornem-se mais saudáveis, mas verdadeiros com menos falsidade e mais entendimento de ambas as partes. Como fazer isso? Sugiro que converse abertamente sobre seus pensamentos, sobre seus comportamentos e sentimentos. Sim, claro que isso funciona!

Seja sempre verdadeiro, haja de acordo com seus princípios, seja no trabalho, seja com a sua família, seja em um encontro com os amigos, e só pra lembrar, não adianta cobrar do outro o que você não oferece, é fundamental que você também esteja disposto a aceitar e respeitar as vontades e o “não” do outro, alinhando os desejos e minimizando as expectativas em todos os relacionamentos.

Dessa forma podemos evitar muitas situações e discussões desnecessárias, vamos usar um dos nossos principais recursos que é a nossa comunicação sendo uma ferramenta poderosa se usarmos ao nosso favor e para o bem de todos aqueles que amamos, e também para todos aqueles que nos relacionamos todos os dias desde o momento em que despertamos pela manhã até o momento em que voltamos ao nosso merecido descanso, não importa o que acontecer no seu dia, lembre-se que praticar a empatia, o respeito e sempre “Um sorriso, um passo a frente frase de Marco Meda, uma pessoa incrível que me ensinou que o sorriso abre novas possibilidades e um passo a frente mostra novas perspectivas.

Sou grata pela oportunidade de expressar mais uma vez uma pouco do meu aprendizado, neste espaço que respeitosamente foi me concedido, onde eu sou muito bem acolhida por todos que compõe a família Meda Academy Training, nela encontrei pessoas muito especiais que hoje são parte da minha historia. Até a próxima!

11 de janeiro de 2017

2 Comentários em "Responsabilidade"

  1. Excelente artigo Sil!!!! Me fez refletir bastante!!! Bjs.

  2. Parabéns! Realmente, nossas escolhas determinam nossa felicidade e crescimento!

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2018 Meda Academy Training - Todos os direitos reservados.